Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Carlos Costa apela às empresas para que reduzam dependência do financiamento bancário

O Governador do Banco de Portugal apelou hoje às empresas para que reduzam a sua dependência do financiamento dos bancos, através do aumento dos capitais próprios e do recurso ao mercado de capitais.

Lusa 09 de Abril de 2012 às 19:44
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...
O Governador do Banco de Portugal apelou hoje às empresas para que reduzam a sua dependência do financiamento dos bancos, através do aumento dos capitais próprios e do recurso ao mercado de capitais.

"Se lerem o relatório da 'troika', a diversificação das fontes de financiamento da economia nacional é fundamental. Espero que esta dependência do sistema bancário para o financiamento do sector empresarial diminua a favor de uma maior participação de capitais próprios e de maior captação de recursos através do mercado de capitais", disse Carlos Costa, na apresentação em Lisboa da segunda edição revista e anotada do livro "Da bolsa e suas operações".

Esta obra foi publicada inicialmente por Ruy Ennes Ulrich, em 1906.

Os autores que fizeram as anotações ao livro, Maria Eugénia Mata, David Justino e Rodrigues da Costa, apresentaram precisamente o pouco recurso das empresas ao financiamento no mercado de capitais como uma das razões para a decisão de fazer a segunda edição.

Actualmente, "privilegiamos o canal bancário para financiar as empresas", disse Rodrigues da Costa, fazendo um paralelo com o que o autor descreveu no início do século XX.

Aproveitando este ponto da apresentação do livro, Carlos Costa sublinhou a "aversão [portuguesa] à entrada quer de capitais próprios quer no mercado de capitais" pelas empresas, garantindo que tal "não é favorável ao desenvolvimento económico do país".

Segundo o governador, é ainda esta característica que "explica a grande alavancagem em termos de endividamento do sector empresarial e a menor transparência em matéria de funcionamento do mercado em geral".

Ver comentários
Saber mais Carlos Costa Banco de Portugal empresas financiamento bancário
Outras Notícias