Banca & Finanças CMVM vai avaliar para a semana se levanta suspensão do BES

CMVM vai avaliar para a semana se levanta suspensão do BES

A CMVM vai avaliar durante a próxima semana se acções e obrigações voltam a negociar ou são excluídas. Suspensão vai vigorar pelo menos até dia 14 de Agosto.
CMVM vai avaliar para a semana se levanta suspensão do BES
Bruno Simão/Negócios
André Veríssimo 07 de agosto de 2015 às 16:53

Com a divulgação do balanço do BES está cumprido um requisito da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) para decidir sobre o regresso à negociação das acções do BES, suspensa desde dia 1 de Agosto de 2014. A avaliação será feita durante a próxima semana, disse ao Negócios fonte do supervisor.

A entidade liderada por Carlos Tavares fazia depender o levantamento da suspensão das acções e obrigações à divulgação de informação financeira sobre o BES, o que aconteceu esta sexta-feira, com a publicação do balanço do chamado "banco mau", que revela uma situação líquida negativa de 2,4 mil milhões de euros. O supervisor queria também a avaliação do banco na data anterior ao anúncio da medida de resolução, conforme prevê a directiva europeia, trabalho que compete ao Banco de Portugal.


A CMVM tem três hipóteses em cima da mesa. Pode optar pelo levantamento da suspensão dos títulos, decidir sobre a sua exclusão de negociação se considerar que não existem condições para voltarem a negociar em bolsa, ou ainda pedir mais informação, se considerar que a que foi disponibilizada é ainda insuficiente, mantendo ou até renovando a suspensão.


"A CMVM vai avaliar se estão reunidas as condições, à luz do Código dos Valores Mobiliários, para decidir sobre a suspensão dos títulos ou a sua exclusão de negociação", afirma fonte oficial do supervisor. Qualquer que seja a decisão, ela terá de ser tomada pelo conselho directivo.


Uma coisa é certa, o actual período de suspensão das acções e obrigações do BES, que só termina na sexta-feira, dia 14, vai ser cumprido.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI