Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Comprador do Barclays em Portugal supera exigências do BCE em 2016

O rácio mínimo exigido ao Bankinter pelo Banco Central Europeu a partir do próximo ano é de 8,75%. Em Setembro passado, o rácio situava-se 11,85%. O banco espanhol está a comprar o Barclays em Portugal.

Bloomberg
Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 28 de Dezembro de 2015 às 11:22
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O Bankinter, que se encontra em processo de compra do negócio de retalho do Barclays em Portugal, já cumpre os requisitos do Banco Central Europeu que vão ser exigidos a partir do próximo ano, depois da avaliação individual feita por Frankfurt no âmbito do chamado SREP. 

 

"Como consequência do resultado obtido no SREP, o Banco Central Europeu requere que o Bankinter mantenha, numa base consolidada, um rácio mínimo CET 1 de 8,75%", indica um comunicado emitido pelo banco, na passada quinta-feira, 24 de Dezembro, ao regulador do mercado de capitais espanhóis.
 

No final de Setembro, o banco espanhol liderado por María Dolores Dancausa apresentava um rácio Common Equity Tier 1, que mede o capital de melhor qualidade de uma instituição (e, portanto, mais capaz de absorver crises e os respectivos impactos), de 11,85%.


O requisito inclui um rácio de 4,5% de capital mínimo exigido (a base de capital de uma instituição), acrescentado de uma almofada de conservação de capital de 4,25% (esta última é uma porção que exige que os bancos acumulem capital em alturas de crescimento económico para enfrentar momentos de crise).

 

"Com os actuais níveis de capitais, o Bankinter tem cobertos os requisitos impostos pelo BCE e, por isso, não tem limitações nas distribuições de resultados", assinala ainda o comunicado do Bankinter, que, a 17 de Dezembro, revelou o pagamento do terceiro dividendo relativo às contas de 2015, de 0,30 euros aos accionistas. 

  

Este é o novo rácio que será exigido ao Bankinter a partir de 2016, resultante do processo de revisão e avaliação de supervisão, o SREP (nas siglas originais, "Supervisory Review and Evaluation Process"). Trata-se de um processo levado a cabo pelo Banco Central Europeu que adequa o nível de capital que os bancos têm de possuir para fazer face ao risco dos seus próprios activos. Deixa, por isso, de haver um rácio mínimo exigido a todos os grupos para haver valores indicativos para cada instituição.

 

O Bankinter está, em Portugal, a comprar o negócio de banca tradicional do Barclays. Ao mesmo tempo, e através de um consórcio com a seguradora Mapfre, foi adquirida a actividade seguradora: aliás, esta última parte da operação foi já comunicada à Autoridade da Concorrência.

 

Para além do Bankinter, o Santander (que adquiriu, através do Santander Totta, o Banif) também já comunicou o rácio mínimo que terá de cumprir no próximo ano (9,75%, numa base consolidada), acrescentando que também já cumpre tal requisito.

Ver comentários
Saber mais Barclays Banco Central Europeu María Dolores Dancausa SREP BCE Bankinter
Outras Notícias