Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Crédito Agrícola, o banco que se quer mostrar diferente dos concorrentes

Não planeou fechos “massivos” de agências. Não tem um programa de capitalização. Não anda só atrás de lucros. Tudo “ao contrário de outros bancos”. Ao longo da conferência em que apresentou uma quebra de 95% do lucro em 2013, Licínio Pina quis provar que está à frente de uma instituição financeira distinta da concorrência. Mas há semelhanças: também sofreu com a crise e também está a cortar nos “spreads”. E pode ficar mais parecido, já que poderá consolidar-se com concorrentes.

Sofia Henriques
Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 29 de Abril de 2014 às 19:44
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

O Crédito Agrícola não tem como objectivo primordial atingir resultados líquidos positivos. Não é uma propriamente uma empresa, mas uma cooperativa. Uma diferença face aos concorrentes que o presidente do conselho de administração, Licínio Pina, quis frisar no dia em que foi revelada uma quebra de 95% dos lucros.

 

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Crédito Agrícola Licínio Pina consolidação banca sector financeiro crédito resultados
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias