Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Dependência da banca portuguesa do BCE volta a diminuir para mínimos de dois anos

Os bancos portugueses voltaram a reduzir a sua dependência do Banco Central Europeu (BCE). É o quinto mês consecutivo e coloca o montante total do financiamento obtido junto do banco central em mínimos de Janeiro de 2012.

Bruno Simão/Negócios
Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 11 de Março de 2014 às 12:48
  • Partilhar artigo
  • ...

Os bancos portugueses tinham, em Fevereiro, 46,7 mil milhões de euros em financiamentos do BCE, um valor que corresponde a uma quebra de 0,56% face ao mês anterior e a uma descida de 5,57% quando comparado com igual período do ano passado, revelam os dados estatísticos divulgados esta terça-feira, 11 de Março, pelo Banco de Portugal.

 

Este é o valor mais baixo desde Janeiro de 2012, mês em que o montante total dos empréstimos da banca nacional junto do banco central se fixou em 46,47 mil milhões de euros.

 

O pico dos empréstimos junto do BCE foi atingido em Junho de 2012, ao superar os 60 mil milhões de euros, no seguimento da crise financeira, numa primeira fase, e depois da crise de dívida soberana.

 

Em Janeiro de 2008 os bancos tinham 1,88 mil milhões de euros de empréstimos junto do BCE.

 

No final desse ano, marcado pela falência do Lehman Brothers, o montante disparou para 10,2 mil milhões, tendo a tendência sido agravada no final de 2009.

 

Os bancos europeus recorreram com maior intensidade ao BCE depois da crise financeira de 2008, provocada pela crise do subprime e pela falência do Lehman Brothers. O sistema financeiro "fechou-se": os bancos receosos que ocorressem novas falências acabaram por não emprestar dinheiro uns aos outros ou fizeram-no a juros muito elevados.

 

Neste contexto, os bancos com liquidez colocaram-na "estacionada" no BCE e quem precisava de financiamento recorreu ao banco central. O que levou a que o sistema financeiro bloqueasse.

 

No caso da banca nacional, a situação foi agravada pela crise financeira que obrigou Portugal a pedir intervenção externa.

Ver comentários
Saber mais BCE banca bancos financiamento da banca
Outras Notícias