Banca & Finanças Deputados têm mais 40 dias para fechar comissão de inquérito à gestão da CGD

Deputados têm mais 40 dias para fechar comissão de inquérito à gestão da CGD

O prolongamento da comissão parlamentar de inquérito à gestão da CGD por mais 40 dias foi publicado esta segunda-feira em Diário da República.
Deputados têm mais 40 dias para fechar comissão de inquérito à gestão da CGD
Bruno Simão
Rita Atalaia 24 de junho de 2019 às 10:02
Os deputados têm mais 40 dias para concluir os trabalhos da segunda comissão parlamentar de inquérito à recapitalização e gestão da Caixa Geral de Depósitos (CGD). O prolongamento da iniciativa foi publicado esta segunda-feira em Diário da República.

"A Assembleia da República resolve, nos termos do n.º 5 do artigo 166.º da Constituição, e ao abrigo do disposto no artigo 11.º do Regime Jurídico dos Inquéritos Parlamentares, aprovado pela Lei n.º 5/93, de 1 de março, alterada pelas Leis n.os 126/97, de 10 de dezembro, e 15/2007, de 3 de abril, prorrogar por 40 dias o prazo de funcionamento da II Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco", lê-se na resolução agora publicada. 

Foi no dia 6 de junho que os partidos aprovaram prolongar os trabalhos da comissão parlamentar de inquérito à gestão da CGD. A conclusão estava prevista para o dia 14 de junho, adiando agora o final para a semana de 22 de julho.

O último a ser ouvido pelos deputados foi o ex-ministro das Finanças Teixeira dos Santos, na semana passada. Foi uma das mais de 20 personalidades que foram ao Parlamento explicar o seu papel no banco estatal. Esta lista incluiu o atual governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, mas também antigos presidentes da CGD e responsáveis pelos órgãos de fiscalização e a própria EY, cujo relatório sobre a gestão do banco estatal levou à criação desta comissão. 


Já o relatório final deverá ser discutido em plenário a 19 de julho, conforme avançou o presidente da comissão de inquérito, Luís Leite Ramos, em entrevista ao Negócios e Antena 1. A lei dita que o deputador relator - neste caso o deputado do CDS João Almeida - tem 30 dias para redigir o relatório.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI