Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Desvios no plano da Caixa ditarão mais cortes

As autoridades europeias vão avaliar trimestralmente a execução do plano estratégico da CGD. Se o banco do Estado for falhando as metas definidas, Bruxelas imporá mais cortes de pessoal e balcões, aumento de preços e redução da presença internacional.

Tiago Sousa Dias/Correio da Manhã
Maria João Gago mjgago@negocios.pt 10 de Abril de 2017 às 00:01
  • Partilhar artigo
  • 9
  • ...

A Caixa Geral de Depósitos terá de ser mais agressiva no corte de custos, no aumento do preço dos seus serviços e no desinvestimento nas operações internacionais se não cumprir as metas previstas no plano estratégico que suportou a capitalização da instituição. Isto significa que se, ao longo dos próximos quatro anos, for falhando os objectivos acordados com Bruxelas, o banco liderado por Paulo Macedo poderá

...

Ver comentários
Saber mais Caixa Geral de Depósitos CGD Paulo Macedo
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Outras Notícias