Banca & Finanças Económico: Caravela garante manter estrutura e postos de trabalho se comprar Açoreana

Económico: Caravela garante manter estrutura e postos de trabalho se comprar Açoreana

A venda da Açoreana entrou em negociações exclusivas com a Apollo, mas o presidente da Caravela assegura que a sua proposta é “a única” capaz de trazer estabilidade à seguradora.
Económico: Caravela garante manter estrutura e postos de trabalho se comprar Açoreana
Rafael Marchante/Reuters
Negócios 27 de janeiro de 2016 às 09:59

O presidente da seguradora Caravela, Diamantino Marques, defende que a sua proposta "é a única" que defende a continuidade da Açoreana.

"A proposta do consórcio Caravela é a única que propõe a continuidade operativa da Açoreana, com a manutenção de todo o seu património pessoal e patrimonial", afirmou em entrevista ao Diário Económico desta quarta-feira, 27 de Janeiro.


Diamantino Marques garantiu que manteria os 700 postos de trabalho da Açoreana caso se efectivasse a compra, uma vez que a Caravela precisa de alargar a sua estrutura actual.


A Caravela é um dos três interessados na compra da seguradora do antigo Banif, a par da Allianz e da gestora de fundos norte-americana Apollo. A última – que é também dona da Tranquilidade - iniciou, no entanto, esta semana, negociações exclusivas para a compra da Açoreana.


Como escreveu o Negócios, a oferta da Caravela só deverá ser recuperada caso não seja possível um acordo com a Apollo.


O processo de venda da Açoreana está a decorrer em contra-relógio, uma vez que a companhia necessita de um aumento de capital de 50 milhões de euros para cumprir as novas exigências de solidez do sector segurador, que entraram em vigor a 1 de Janeiro.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI