Banca & Finanças Emigrantes financiaram GES através de veículos suspeitos
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Emigrantes financiaram GES através de veículos suspeitos

Até 2013, aplicações de clientes não residentes do BES serviam para financiar ESI e outras empresas do Grupo Espírito Santo. Em 2014, veículos suspeitos passaram a ter sobretudo dívida do BES. Esta mudança deve ajudar no reembolso dos clientes.
Emigrantes financiaram GES através de veículos suspeitos
Miguel Baltazar/Negócios
Maria João Gago 29 de janeiro de 2015 às 00:01

Emigrantes que eram clientes do Banco Espírito Santo financiaram empresas do Grupo Espírito Santo durante mais de uma década, através de veículos criados pelo Crédit Suisse. Estas sociedades, com sede na Ilha

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI