Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Estado arrisca perder 400 milhões com lesados do papel comercial

A comissão liquidatária do BES não reconheceu os créditos reclamados fundo constituído para compensar os investidores do papel comercial do GES. Os custos de 400 milhões poderão ser imputados, na totalidade, ao Estado.

Lesados do papel comercial
Hugo Correia/Reuters
Rafaela Burd Relvas rafaelarelvas@negocios.pt 06 de Junho de 2019 às 23:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • 14
  • ...
O Estado poderá ter de cobrir a totalidade das indemnizações aos lesados do papel comercial das empresas do Grupo Espírito Santo (GES), de cerca de 400 milhões de euros. Isto porque o fundo de recuperação de créditos constituído para ressarcir estes investidores não foi reconhecido como credor pela comissão liquidatária do Banco Espírito Santo (BES).

Em causa estão as indemnizaç...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais bes comissão liquidatária credores insolvência esi rioforte papel comercial fundo de recuperação de créditos patris fundo de resolução
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias