Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fundos de investimento e de pensões internacionais apresentam acção judicial contra o BES

Investidores internacionais, como o grupo Rothschild, a Fidelity e a Axa, exigem 106 milhões de euros à família Espírito Santo e ao banco, avança esta sexta-feira o semanário Sol.

Negócios 16 de Janeiro de 2015 às 09:53
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

Quase 40 fundos de investimento e de pensões internacionais apresentaram no início desta semana no Tribunal de Pequena Instância Cível de Lisboa uma acção judicial comum contra o Banco Espírito Santo, no valor de 106 milhões de euros.

 

De acordo com o Sol, esta "é a primeira acção interposta por investidores institucionais estrangeiros naquela instância, e também a primeira em que queixosos do BES colocam os membros da família Espírito Santo e administradores no banco dos réus, num lista que inclui ainda a KPMG".

 

Além do grupo Rothschild, da Fidelity e da Axa, fazem parte dos queixosos o maior fundo de pensões público da Califórnia, um do Havai e a gestão de pensões da petrolífera British Petroleum.

 

O semanário avança que esta acção pode estar relacionada com a participação no último aumento de capital do BES.   

Ver comentários
Saber mais Tribunal de Pequena Instância Cível de Lisboa Banco Espírito Santo Sol BES grupo Rothschild Califórnia Havai British Petroleum Fidelity Axa
Mais lidas
Outras Notícias