Banca & Finanças Goldman Sachs reduz lucros mas supera expectativas dos mercados

Goldman Sachs reduz lucros mas supera expectativas dos mercados

Os resultados do banco norte-americano foram penalizados pelas quebras no negócio de "trading", mas ficaram acima das expectativas dos analistas.
Goldman Sachs reduz lucros mas supera expectativas dos mercados
reuters
Rafaela Burd Relvas 16 de julho de 2019 às 13:07
O Goldman Sachs reportou lucros de 4,67 mil milhões de dólares (cerca de 4,1 mil milhões de euros) no primeiro semestre deste ano, valor que representa uma quebra de 13% em relação a igual período do ano passado. Os resultados do banco norte-americano, penalizados pelas quebras no negócio de "trading", ficaram, ainda assim, acima das expectativas dos analistas.

As receitas do Goldman Sachs nos primeiros seis meses do ano totalizaram 18,27 mil milhões de dólares, menos 7% do que há um ano. O banco justifica a quebra com a redução de receitas nas unidades da banca de investimento, enquanto na área do crédito as receitas aumentaram.

Já os custos operacionais ascenderam a perto de 12 mil milhões de dólares, uma redução de 6% face ao primeiro semestre do ano passado.

Feitas as contas, o Goldman Sachs fechou o primeiro semestre com um lucro de 4,67 mil milhões de dólares, ou 11,52 dólares por ação. Considerando apenas o segundo trimestre, o lucro foi de 2,42 mil milhões de dólares, ou 5,81 dólares por ação, um valor que fica acima dos 4,89 dólares por ação que eram antecipados nas estimativas do Refinitiv. Também as receitas ficaram acima do esperado.

Os administradores do Goldman Sachs aplaudem, assim, os resultados alcançados, apesar das quebras. "Estamos encorajados pelos resultados na primeira metade do ano", afirma o presidente executivo do banco, David Solomon, citado em comunicado. "A nossa força financeira posiciona-nos para entregar capital aos acionistas, incluindo um aumento significativo do dividendo no terceiro trimestre", acrescentou.

No terceiro trimestre, o dividendo trimestral a entregar aos acionistas será de 1,25 dólares, um aumento de 47%.



Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI