Banca & Finanças Governo corta até 34 lugares de topo na supervisão financeira
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Governo corta até 34 lugares de topo na supervisão financeira

Entre o deve e o haver da reforma da supervisão financeira desaparecem potencialmente 34 lugares de topo. Ficarão menos de 100 cargos nestes reguladores. ASF e CMVM ficam com estruturas iguais, Banco de Portugal continua a ser ligeiramente diferente.
Governo corta até 34 lugares de topo na supervisão financeira
O ministro das Finanças, Mário Centeno, vai ter menos elementos para nomear com a reforma da supervisão.
Duarte Roriz / Jornal de Negócios
Margarida Peixoto 14 de março de 2019 às 23:30

A reforma da supervisão financeira vai eliminar até 34 cargos de topo, para um total de 97. O número de membros designados pelo Ministério das Finanças é reduzido para 25, quase metade dos atuais. Esta é

)

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 22:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI