Banca & Finanças Governo oficializa convite a Elisa Ferreira para Banco de Portugal

Governo oficializa convite a Elisa Ferreira para Banco de Portugal

Os nomes da eurodeputada Elisa Ferreira e o presidente do banco "mau" Luís Máximo dos Santos já estão no Parlamento. Os dois serão agora chamados a falar em audição e alvo de um "relatório descritivo". Depois há a nomeação.
Governo oficializa convite a Elisa Ferreira para Banco de Portugal

Os nomes de Elisa Ferreira e Luís Máximo dos Santos já estão no Parlamento como propostos para administradores do Banco de Portugal. Depois das notícias, as propostas chegaram à Comissão de Orçamento, que vai agora agendar as audições aos dois futuros administradores do regulador.

A Comissão de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa tinha como ponto da ordem dos trabalhos desta quarta-feira a definição dos moldes em que seriam ouvidos futuros nomes indicados para a administração do regulador. Uma antecipação da comissão, na sequência de várias notícias que adiantavam os convites à eurodeputada e ao presidente do BES "mau".

Mas antes da realização da audição, chegou a proposta oficial para novos administradores do regulador. Segundo a Lei Orgânica do Banco de Portugal, os membros da administração do Banco de Portugal têm de ser ouvidos numa audição parlamentar, e depois alvos de um "relatório descritivo", que não influencia a decisão final.

Mesmo depois do relatório, só depois os nomes poderão ser "designados por resolução do Conselho de Ministros, sob proposta do governador do Banco de Portugal".

Elisa Ferreira e Máximo dos Santos vão trabalhar sob as ordens do governador Carlos Costa mas, em Setembro, haverá mais alterações na composição do regulador. O vice-governador Pedro Duarte Neves não pode ser reconduzido por já ter concluído dois mandatos. José Ramalho, também vice-governador, e João Amaral Tomaz, administrador, terminam os seus primeiros mandatos e o segundo estará mesmo de saída. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI