Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo espanhol nega fuga de depósitos do Bankia

Depois de ter estado cair 29% em Bolsa, o Governo e o próprio Bankia vieram a público negar que o banco, agora parcialmente nacionalizado, esteja a sofrer uma sangria nos depósitos.

Negócios negocios@negocios.pt 17 de Maio de 2012 às 14:50
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
Num comunicado enviado ao regulador espanhol, a CNMV, o Bankia tenta sossegar os seus depositantes e os investidores garantindo que as alterações de valores nos depósitos do banco estão "dentro de parâmetros habituais" e não correspondem a qualquer movimento de fuga de capitais.

O comunicado surge depois de o secretário de Estado da Economia, Fernando Jiménez Latorre, ter também vindo a público descartar uma fuga de capitais, argumentando que "a evolução dos depósitos na primeira quinzena do mês de Maio têm um carácter substancialmente sazonal".

As acções do Bankia, parcialmente nacionalizado há uma semana, chegaram a estar a cair hoje 29%, para 1,171 euros. A queda acentuada nos títulos deveu-se à notícia avançada pelo jornal "El Mundo", segundo o qual os clientes do banco espanhol anteriormente dirigido por Rodrigo Rato haviam retirado mil milhões de euros em depósitos do banco, desde que este foi nacionalizado, ou seja, no espaço de uma semana

Quem comprou acções do Bankia à cotação de 3,75 euros com que se entreou em bolsa há menos de um ano acumula agora perdas de quase 70%.

Ver comentários
Saber mais Bankia depósitos fuga Espanha 29%
Mais lidas
Outras Notícias