Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo “satisfeito” com resultados dos testes de stress

O primeiro-ministro garantiu que o Executivo encara “com tranquilidade a forma como os bancos portugueses mais relevantes se comportaram neste processo” de avaliação à qualidade dos activos e necessidades de capital dos maiores bancos europeus.

David Santiago dsantiago@negocios.pt 27 de Outubro de 2014 às 14:14
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...

A forma como os principais bancos portugueses se comportaram nos testes de stress aplicados pelo Banco Central Europeu (BCE) deixou o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, satisfeito.

 

"O resultado deixa-nos satisfeitos", declarou Passos Coelho comentando os resultados dos testes de stress conduzidos pelo BCE que foram divulgados este domingo.  

 

No final de um encontro com Duarte Cordeiro, presidente do governo regional dos Açores, em Ponta Delgada, Passos garantiu que "do lado do Governo olhamos com tranquilidade a forma como os bancos portugueses mais relevantes se comportaram neste processo".

 

Sobre o BCP, que está entre os 25 bancos europeus que reprovaram nas provas de resiliência, o primeiro-ministro fez o seu comentário com base nas próprias explicações já avançadas por Nuno Amado, presidente do banco.

 

Passos recordou que "as medidas que já foram sendo tomadas pelo banco (BCP) ao longo de 2014 respondem a praticamente todas as dificuldades que foram sendo apontadas", realçando depois que o chumbo se registou em "cenários mais desfavoráveis, que são, diga-se de passagem, improváveis".

 

Passos Coelho nota ainda que a fragilidade do BCP foi registada somente "em cenários muito adversos" e revelou que a preocupação face à capitalização e qualidade dos activos do banco liderado por Nuno Amado "tende a esbater-se" com o decorrer do tempo.

 

Passos pediu ainda para que a comunicação social, que no passado sábado apelidou de "preguiçosa", faça a ressalva de que os resultados destes testes têm em conta dados de 31 de Dezembro de 2013 e que portanto não levam em linha de conta várias medidas de reestruturação já adoptadas pelo BCP.

 

Por fim, o também presidente do PSD disse esperar que "durante o ano de 2015, os reembolsos finais (CoCo’s) possam ser feitos, para que o Estado deixe de ter dinheiro dos contribuintes nos bancos privados".  

Ver comentários
Saber mais BCE Pedro Passos Coelho Testes de Stress BCP
Outras Notícias