Banca & Finanças Há quatro propostas pelo Novo Banco

Há quatro propostas pelo Novo Banco

O Banco de Portugal confirma que foram entregues quatro propostas pelo Novo Banco. O regulador bancário não indica quem são os interessados. O Expresso avançou que o Totta e o BCP não apresentaram ofertas.
Há quatro propostas pelo Novo Banco
Bruno Simão/Negócios

Não há nomes. Só há números. São quatro os interessados que apresentaram uma oferta pelo Novo Banco, no prazo dado pelo regulador bancário para o processo de venda a investidores estratégicos. 

"O Banco de Portugal recebeu quatro propostas de aquisição, cuja análise agora se inicia à luz dos critérios de admissibilidade e selecção estabelecidos no caderno de encargos, divulgado no passado mês de Abril", revela um comunicado enviado às redacções esta quinta-feira, 30 de Abril, mais de duas horas depois do final do prazo para a entrega de tais propostas (17:00).

 

Neste momento, ainda não é certo qual é a modalidade que vai seguir em frente. Há duas hipóteses neste segundo processo de alienação do Novo Banco: a venda em bolsa ou a venda a investidores estratégicos. A primeira foi colocada em suspenso devido e só será retomada, após o Verão, caso não se avance com a alienação estratégica. E a venda estratégica só avança se o Banco de Portugal assim o quiser.

 

"Posteriormente, será tomada uma decisão sobre qual das vias – procedimento de venda estratégica ou procedimento de venda em mercado – será seguida para concluir o processo de alienação da participação detida pelo Fundo de Resolução no Novo Banco", indica o comunicado sobre o processo de venda que tem estado a ser gerido pelo antigo secretário de Estado Sérgio Monteiro.

Havia três bancos na corrida: BCP, Santander e BPI. O Expresso avançou que os dois primeiros não apresentaram nenhuma proposta formal, informação que ainda não foi possível confirmar. O BCP terá entregue uma carta, em que mostrou interesse em participar num processo sob determinadas condições. Nuno Amado disse esta semana que o prazo para a entrega das propostas era apertado tendo em conta a novidade que foi o resultado do referendo a apontar para o Brexit. 

O Santander Totta está fora e, pelo contrário, o BPI terá entregue uma oferta. 
A Apollo - uma das três finalistas do primeiro concurso internacional - entregou uma proposta em consórcio com a Centerbridge, sendo que a Loan Star apresentou uma outra oferta. 


(Notícia em actualização)



Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI