Banca & Finanças Impacto da provisão de 700 milhões nos resultados do ESFG revelado a 28 de Abril

Impacto da provisão de 700 milhões nos resultados do ESFG revelado a 28 de Abril

Os resultados de 2013 do Espírito Santo Financial Group serão conhecidos na próxima segunda-feira. A sociedade que controla o Banco Espírito Santo tem sido fortemente penalizada em bolsa desde que foi anunciada a necessidade de colocar de lado 700 milhões de euros, o que irá afectar os resultados. Na sessão de hoje, voltou a tocar num mínimo histórico.
Impacto da provisão de 700 milhões nos resultados do ESFG revelado a 28 de Abril
Reuters
Diogo Cavaleiro 22 de abril de 2014 às 19:16

O impacto da imposição de Carlos Costa, governador do Banco de Portugal, nas contas do braço financeiro do Espírito Santo será conhecido na próxima semana.

 

O Espírito Santo Financial Group, a sociedade que controla o Banco Espírito Santo, vai revelar os seus resultados relativos a 2013 na próxima segunda-feira, 28 de Abril, após o fecho do mercado. Sabe-se que essas contas terão de acomodar uma provisão de 700 milhões de euros, que resulta de uma obrigatoriedade imposta pelo Banco de Portugal.

 

Os resultados da sociedade de topo do braço financeiro do Grupo Espírito Santo vão incluir, segundo informação do grupo a 25 de Março, “uma provisão especial de 700 milhões de euros, decidida pela gestão para fazer face a riscos potenciais associados com a sua exposição às actividades não financeiras do Grupo Espírito Santo”.

 

Essa provisão, que consiste na colocação daquele dinheiro de lado para precaver eventuais perdas futuras, destina-se a responder a um risco percepcionado pelo Banco de Portugal. O banco central visa, com esta imposição, que o grupo tenha capacidade para reembolsar os clientes do BES onde foi colocado um total de 1.700 milhões de euros de papel comercial (tipo de instrumento financeiro) emitido por empresas da área não financeira do Grupo Espírito Santo (como a Espírito Santo International). Cerca de 1.000 milhões já foram reembolsados ainda no ano passado.

 

O impacto desta provisão (que a gestão decidiu reconhecer no ESFG para não afectar o BES) será, assim, conhecido no dia 28 de Abril. No dia seguinte, haverá a habitual conferência telefónica com responsáveis da empresa, segundo informou o ESFG em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

 

Antes disso, esta sexta-feira, 25 de Abril, a empresa vai reunir-se em assembleia-geral de accionistas. Contudo, a aprovação do relatório e contas de 2013 (que só será conhecido publicamente dias depois) não irá aí ocorrer. Um dos pontos dessa assembleia é, precisamente, o adiamento da aprovação das contas para uma outra assembleia geral “para data não posterior a 31 de Maio de 2014”. Assim, falta ainda marcar o encontro que irá ditar a aprovação destas contas.

 

ESFG perde 38% desde anúncio da provisão  

 

Desde que foi anunciada a necessidade de reconhecer a provisão de 700 milhões de euros, antes do arranque da sessão bolsista de 25 de Março, a trajectória do ESFG tem sido praticamente em sentido único.

 

Das 19 sessões bolsistas que viveu deste aí, a cotada encerrou 17 delas em terreno negativo. Nas últimas 10, as quedas diárias foram sempre superiores a 2%. O que resultou no facto de, desde o fecho de 24 de Março, o ESFG acumular uma desvalorização de 38%.

 

Esta terça-feira, a empresa de topo do braço financeiro do Grupo Espírito Santo – que deixará de estar sob a supervisão do Banco Central Europeu porque passará a ter uma participação directa no BES e não através da parceria com o Credit Agricole – encerrou nos 2,997 euros, resultado de uma queda de 3,29% face ao fecho de quinta-feira. A 24 de Março, seguia nos 4,834 euros. A ESFG vale, actualmente, 620,6 milhões de euros.

 

O volume também tem sido intenso. Nas últimas nove sessões, foram trocadas mais de 100 mil acções do ESFG por dia, acima da média de 92 títulos negociados por sessão nos últimos seis meses. 

 

O BES, que a liderança do Grupo Espírito Santo quis isolar da necessidade de reconhecer esta provisão, conseguiu até ganhar durante este período, passando de 1,332 euros a 24 de Março para 1,35 euros na sessão desta terça-feira. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI