Banca & Finanças João Rendeiro com pena mais pesada que Jorge Jardim Gonçalves
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

João Rendeiro com pena mais pesada que Jorge Jardim Gonçalves

Antigo presidente do Banco Privado Português terá sido condenado pelo Banco de Portugal (BPP) a pagar uma coima de quase dois milhões de euros, ou seja, praticamente o dobro da pena pecuniária aplicada a Jardim Gonçalves. João Rendeiro terá ainda ficado inibido de desempenhar funções de gestão bancária por mais tempo que os nove anos do antigo líder do BCP.
João Rendeiro com pena mais pesada que Jorge Jardim Gonçalves
Negócios 01 de novembro de 2013 às 20:30

Uma coima de quase dois milhões de euros, o máximo de cúmulo jurídico previsto no regime legal em vigor à data dos factos, e a proibição de desempenho de funções de gestão bancá

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI