Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

José Manuel Espírito Santo: "O meu nome é tido como um produto tóxico. Isso é muito duro"

O representante de um dos maiores ramos familiares do grupo Espírito Santo lamentou que o nome da família seja hoje considerado "tóxico". José Manuel Espírito Santo assume que a "culpa" é da família, mas defende que o grupo podia ter tido mais tempo das autoridades.

Bruno Simão/Negócios
Maria João Gago mjgago@negocios.pt 16 de Dezembro de 2014 às 16:55
  • Assine já 1€/1 mês
  • 13
  • ...

"O meu nome hoje é tido como um produto tóxico e isso para mim é muito duro", lamentou José Manuel Espírito Santo, em resposta a deputada Teresa Anjinho que o questionaram sobre os sacrifícios que tinham permitido a capitalização do banco, justificação dada por Machado da Cruz para ocultação de passivo do GES.

 

"Eu sou da terceira geração. Os meus filhos são a quarta e os meus netos a quinta. Terem que conviver com um nome que é considerado tóxico é muito duro. Mas temos que carregar com a carga. Sou católico e penso que Deus nosso Senhor nos dá a carga de acordo com aquilo que podemos aguentar. Mas isto são problemas pessoais..." 

 

A deputada insistiu sobre quem teve responsabilidade. "A culpa, muita, tem que ser imputada a nós. Não fujo das minhas responsabilidades", começou por responder José Manuel Espírito Santo. "Mas acho que ao nível das entidades, poderíamos ter tido um apoio, sobretudo um apoio importante e que seria tempo. Não nos deram esse tempo", lamentou. 

 

O antigo administrador do BES defendeu que o grupo deveria ter tido mais tempo para se reestruturar, vendendo activos e atraindo novos investidores.

 

"O banco podia não ter afundado se, tal como muitas empresas portuguesas não afundaram porque tiveram a ajuda do banco. Era para nós muito importante que neste momento nos pudessem ter ajudado. Havia formas de se ter ultrapassado esta situação" defendeu.

 

"Termos continuado com a marca e com o banco, mesmo que a governance não fosse da família" teria sido possível, afirmou. 

Ver comentários
Saber mais José Manuel Espírito Santo
Mais lidas
Outras Notícias