Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lucro do Santander Totta cai 11% com reforço de provisões

O Santander Totta lucrou 354,7 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano. A queda dos custos mais do que compensou a quebra das receitas, mas o aumento das provisões penalizou o resultado.

Maria João Gago mjgago@negocios.pt 28 de Outubro de 2010 às 13:03
  • Partilhar artigo
  • ...
O Banco Santander Totta obteve resultados de 354,7 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano, o que representa uma quebra de 11,2% face a igual período do ano passado. Uma evolução que “foi condicionada pela necessidade do reforço de provisões e imparidades, ajustado ao enquadramento complexo e difícil que atravessamos”, justifica a instituição em comunicado.

O desempenho do banco liderado por Nuno Amado reflectiu a quebra de 5,2% do produto bancário e actividade seguradora, resultante da diminuição da margem financeira. As receitas de intermediação recuaram 9,7%, para 553 milhões, uma vez que no ano passado a subida desta rubrica se ficou a dever à utilização de mecanismos de cobertura de taxas de juro, que agora se esgotaram.

Ainda assim, graças ao corte dos gastos de funcionamento, que diminuíram 4,2%, para 396,4 milhões, o resultado de exploração subiu 2,1%. No entanto, como as imparidades e outras provisões subiram 86%, para quase 150 milhões, o lucro caiu. Uma evolução que se reflectiu na rentabilidade dos capitais próprios (ROE) que se fixou em 16,8%.

Em termos de negócio, o Santander Totta aumentou o crédito a clientes em 1,2%, para 35,5 mil milhões de euros, impulsionado pelo financiamento à habitação (mais 2%, para 18,7 mil milhões) e a pequenas e médias empresas (mais 3,2%, para 10,3 mil milhões).

Já ao nível dos recursos verificou-se um aumento de 4%, para 26,7 mil milhões, em resultado do crescimento de 13,9% evidenciado pelos depósitos.
Ver comentários
Saber mais Santander Santander Totta Totta
Outras Notícias