Banca & Finanças Maiores bancos do mundo multados em 304 mil milhões de euros desde o início da crise

Maiores bancos do mundo multados em 304 mil milhões de euros desde o início da crise

Os reguladores europeus e asiáticos devem aumentar o ritmo das multas este ano, segundo Boston Consulting Goup, citado pela Bloomberg.
Maiores bancos do mundo multados em 304 mil milhões de euros desde o início da crise
Reuters
Negócios 02 de março de 2017 às 11:20

Os maiores bancos do mundo já foram multados em 321 mil milhões de dólares (304 mil milhões de euros) desde o início da crise financeira, em 2008 devido a uma série de casos, que vão desde lavagem de dinheiro a manipulação de mercados e financiamento do terrorismo.


Mas este valor deverá aumentar nos próximos anos, com o aumento das acções por parte dos reguladores europeus e asiáticos, que deverão acompanhar os seus congéneres americanos, que têm sido mais agressivos nesta matéria, segundo o Boston Consulting Goup (BCG), citado pela Bloomberg.


Só em 2016, os bancos pagaram 42 mil milhões de dólares em multas (39,7 mil milhões de euros), um aumento de 68% face a 2015.


Os analistas do BCG referiram que "à medida que as regulações com base na conduta evoluem, as multas e penalizações, assim como as despesas relacionadas com questões legais, irão manter-se entre os custos" deste sector.


Os mesmos analistas adiantaram que gerir estes custos é um grande desafio para os bancos.


O BCG acredita que esta tendência irá continuar, apesar das pretensões de Donald Trump, que quer acabar com o Dodd-Frank Act, que foi implementado em 2010 para responder aos problemas gerados pela crise. As regras e regulamentos que os bancos têm que seguir triplicaram desde 2011. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI