Banca & Finanças Ministério Público cria equipa para investigar irregularidades no BES e GES

Ministério Público cria equipa para investigar irregularidades no BES e GES

O Ministério Público abriu três inquéritos à gestão do antigo BES e das empresas da família Espírito Santo, avança o Correio da Manhã desta quinta-feira.
Ministério Público cria equipa para investigar irregularidades no BES e GES
Bloomberg
Negócios 14 de agosto de 2014 às 09:43

A Procuradoria-Geral da República vai criar uma equipa especial para investigar as irregularidades na gestão do Banco Espírito Santo (BES) e nas empresas da família Espírito Santo, avança o Correio da Manhã desta quinta-feira, 14 de Agosto.

 

De acordo com a publicação, o Ministério Público já abriu três inquéritos a este nível. Um deles, concretiza, debruça-se sobre a Eurofin, a empresa criada para gerir transacções financeiras da família Espírito Santo e suas empresas.

 

A equipa multidisciplinar vai integrar especialistas da Polícia Judiciária em crimes financeiros, da Autoridade Tributária, do Banco de Portugal e da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, diz o jornal.

 

A equipa será dirigida por outro procurador que não Rosário Teixeira, titular dos processos do Caso Monte Branco, que esteve na origem da detenção de Ricardo Salgado, antigo presidente executivo do BES.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI