Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Moçambique compra participação da CGD no Banco Nacional de Investimentos

O Estado moçambicano comprou hoje a posição da Caixa Geral de Depósitos (CGD) e Banco Comercial e de Investimentos (BCI) no Banco Nacional de Investimento (BNI), uma instituição criada em 2010 pelos governos de Portugal e de Moçambique.

Caixa perde 50 milhões em Espanha no primeiro trimestre
Lusa 10 de Dezembro de 2012 às 19:05
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Moçambique passa assim a assumir a totalidade do capital do BNI, que, quando surgiu, assumiu a sua condição de banco de investimento dedicado ao financiamento de infra-estruturas em Moçambique.

Criado com um capital social de 500 milhões de dólares, previa-se que o BNI assumisse um papel chave em dois projectos importantes em Moçambique: Cesul, a espinha dorsal da rede eléctrica que liga o centro e o sul do país, e a Central Norte de Cahora Bassa.

Na então sociedade, os governos moçambicano e português partilhavam em partes iguais 99% das acções, sendo o remanescente do BCI, detido pela CGD.

Na escritura pública de constituição do BNI, o então ministro do Estado e das Finanças de Portugal, Fernando Teixeira dos Santos, defendeu que o BNI seria catalisador do desenvolvimento e dinamização de projectos dos empresários dos dois países.

No primeiro semestre do 2012, o segundo da sua actividade, o BNI registou lucro líquido na ordem de 25 milhões de meticais, cerca de um milhão de dólares.

Ver comentários
Saber mais CGD Banco Nacional de Investimentos Moçambique banca
Mais lidas
Outras Notícias