Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Moody’s corta "rating" da ESFG para oito níveis abaixo de "lixo"

A notação financeira da "holding" que detém 25% do BES foi revista em três níveis e encontra-se agora numa posição considerada fortemente especulativa. O "rating" de Caa2 está a poucos níveis de "default".

A agência de notação financeira Moody’s cortou o "rating" da Espírito Santo Financial Group em três níveis, de B2 para Caa2, o que traduz um corte de três níveis e deixa a classificação oito níveis abaixo de "lixo".

 

A nova notação financeira que a Moody’s atribuiu à "holding" que detém 25% do Banco Espírito Santo situa-se apenas três níveis acima do "rating" de C, que a agência utiliza para classificar uma situação de incumprimento ("default").

 

Apesar do corte acentuado, a Moody’s mantém o "rating" da holding" em revisão para possível corte adicional.

 

A Moody’s vê "um agravamento do perfil de risco de crédito para a ESFG na sequência do aumento da exposição da ESFG aos seus accionistas indirectos". Os "receios em torno da qualidade de crédito da ESFG são amplificados pela falta de transparência em torno não só da situação financeira do Grupo Espírito Santo, mas também da amplitude das ligações intra-grupo incluindo a exposição directa e indirecta da ESFG à Espírito Santo International".

 

A ESFG, que está cotada em bolsa, é detida em 49,3% pela Rioforte, que por sua vez é controlada em 100% pela Espírito Santo International, a "holding" através da qual a família Espírito Santo controla as empresas do grupo.

 

A Moody’s cita os números revelados recentemente pela ESFG para justificar o corte. A "holding" da família Espírito Santo anunciou a semana passada que no final de Junho tinha uma exposição de 2,35 mil milhões de euros à ESI, acima dos 1,37 mil milhões de euros no final de 2013.

 

A agência teme que esta exposição possa vir a aumentar ainda mais ao longo dos próximos meses, quer através de mais financiamento, quer de eventuais obrigações que venha a assumir em nome de outras empresas do Grupo Espírito Santo.

 

Futuras movimentações no "rating" do ESFG vão depender do plano de reestruturação do GES e as implicações que terão no âmbito do papel de supervisão do Banco de Portugal.

Ver comentários
Saber mais Moody's ESFG BES GES rating notação financeira
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio