Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Moody’s desce “rating” do Montepio em dois níveis para “B2”

A agência Moody’s cortou a classificação que atribui à dívida de longo prazo do Montepio Geral em dois níveis e o “rating” ficou quatro níveis abaixo da categoria de investimento. A perspectiva para a classificação é “negativa”.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 19 de Dezembro de 2013 às 16:10
  • Partilhar artigo
  • 7
  • ...

A Moody’s Investor Services reduziu o “rating” das obrigações de longo prazo do Montepio Geral de “Ba3” para Ba2, segundo a agência de notação. A classificação, que já conferia uma qualidade “especulativa” às obrigações do banco, desceu dois níveis e ficou quatro níveis abaixo da categoria de “investimento”.

 

A nova notação da dívida de longo prazo do Montepio tem ainda associada uma perspectiva "negativa", já que a agência receia que haja uma maior deterioração da capacidade de financiamento do banco. Os economistas da Moody's desceram a classificação tomando em consideração o aumento de capital de 400 milhões de euros, diz o comunicado.

 

“Apesar deste aumento de capital e do crescimento das provisões, a Moody’s receia que as reservas do banco contra a deterioração da qualidade dos activos continuem a diminuir”, lê-se no comunicado publicado no site da instituição.

 

O "rating" autónomo de solidez financeira (“standalone financial strenght”) do banco liderado por António Tomás Correia (na foto) permaneceu em E+, equivalente a um nível abaixo do “rating” do banco. Também aqui a perspectiva é “negativa”.

 

A agência de notação financeira cita o elevado nível do crédito malparado, que era de 12,7% no final do mês de Setembro.

Ver comentários
Saber mais Montepio Geral rating banca serviços financeiros Informação sobre empresas economia negócios e finanças Moody's
Outras Notícias