Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Mourinho Félix: Solução para o malparado deve avançar no "início do ano"

A plataforma de gestão do malparado dos bancos deve estar a funcionar "no início do próximo ano", espera o secretário de Estado das Finanças. O banco de fomento pode canalizar fundos do BEI e do BERD para as empresas com dívidas em incumprimento mas que são viáveis.

Miguel Baltazar/Negócios
Maria João Gago mjgago@negocios.pt 11 de Setembro de 2017 às 17:14
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...

O agrupamento complementar de empresas (ACE) que os três maiores bancos estão a constituir para fazer a gestão integrado do crédito malparado comum a estas instituições deve estar a funcional "no início do próximo ano", acredita o secretariado Estado das Finanças.

 

A plataforma de gestão do malparado está a ser ultimada pela Caixa Geral de Depósitos, BCP e Novo Banco que ainda têm de operacionalizar esta solução, com a escolha dos seus representantes na gestão do ACE, a contratação de consultores financeiros e jurídicos, bem como a formação de quadros que vão trabalhar neste projecto, exemplificou Ricardo Mourinho Félix.

 

Sobre o papel da Instituição Financeira de Desenvolvimento, conhecida como banco de fomento, o governante refere que esta entidade pode ajudar a "financiar as empresas, juntando fundos vindos do Banco Europeu de Investimento ou do Banco Europeu de Reconstrução e Desenvolvimento com recursos de investidores privados. Isso permitirá às empresas viáveis obterem financiamentos com custos relativamente baixos".

 

 

Ver comentários
Saber mais Ricardo Mourinho Félix Instituição Financeira de Desenvolvimento banca
Outras Notícias