Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Multa e transacções não autorizadas elevam prejuízos do UBS a 1,89 mil milhões

O banco suíço registou um prejuízo de 1,89 mil milhões de francos suíços, cerca de 1,5 mil milhões de euros, devido a uma multa de 1,4 mil milhões de francos suíços por ter manipulado a taxa Libor. Os resultados do banco foram ainda penalizados por transacções não autorizadas realizadas pelo operador Kweku Adoboli, entretanto, condenado a sete anos de prisão.

Lucros do UBS superam previsões dos analistas
Negócios 05 de Fevereiro de 2013 às 09:03
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

No quarto trimestre de 2012, os prejuízos do suíço UBS ascenderam a 1,89 mil milhões de francos suíços, cerca de 1,5 mil milhões de euros. No mesmo período de 2011, o banco tinha registado um lucro de 323 milhões de francos suíços (261 milhões de euros).

 

O resultado registado no último trimestre de 2012 foi, ainda assim, melhor do que o esperado pelos analistas contactados pela Bloomberg, que antecipavam um prejuízo de 2,16 mil milhões de francos suíços.

 

O UBS esteve, tal como o Barclays e outros bancos britânicos e norte-americanos, envolvido no escândalo de manipulação da taxa Libor. A instituição suíça foi multada em 1,4 mil milhões de francos suíços (1,1 mil milhões de euros) pelos reguladores do mercado britânico, norte-americano e suíço.

 

O banco sofreu ainda um prejuízo de 2,3 mil milhões de dólares (cerca de 1,7 mil milhões de euros) devido a uma operação não autorizada realizada pelo operador Kweku Adoboli, que trabalhava na dependência do banco em Londres. Esta foi a maior operação não autorizada da história da banca britânica e Kweku Adoboli foi condenado a sete anos de prisão.

 

Devido a esta operação, o UBS teve ainda que pagar uma multa de 29,7 milhões de libras (34 milhões de euros) - imposta pelo regulador do mercado britânico - e foi forçado pelo regulador suíço a aumentar os níveis de capital para cobrir riscos operacionais.   

Ver comentários
Saber mais UBS
Outras Notícias