Banca & Finanças Novo Banco próximo de fechar venda de 3,5 mil milhões de euros em malparado

Novo Banco próximo de fechar venda de 3,5 mil milhões de euros em malparado

O Novo Banco estará perto de fechar a venda de duas carteiras de crédito malparado avaliadas em cerca de 3,5 mil milhões de euros, revela a Bloomberg, que cita fontes próximas do processo.
Novo Banco próximo de fechar venda de 3,5 mil milhões de euros em malparado
Tiago Petinga/Lusa
Negócios com Bloomberg 09 de julho de 2019 às 17:28

O banco liderado por António Ramalho colocou à venda, em abril, um montante total de 3,5 mil milhões de euros de crédito malparado. E a data limite para esta operação foi estabelecida a 12 de julho, segundo a Bloomberg, que diz que há duas empresas interessadas em comprar estes ativos.

 

A Bain Capital está a ponderar submeter uma oferta de compra da maior carteira – 3 mil milhões de euros em crédito malparado com e sem colateral, segundo duas fontes próximas da operação.

 

Já a Cerberus Capital estará em negociações avançadas para comprar a segunda carteira, avaliada em 500 milhões de euros, que inclui dívida imobiliária, de acordo com as fontes.

 

A confirmar-se estas operações, esta poderá corresponder a uma das vendas de malparado mais elevadas de sempre em Portugal, segundo a Bloomberg.

 

O Novo Banco tem vendido carteiras de malparado e de ativos não estratégicos, no âmbito do plano de restruturação. E estas alienações surgem numa altura e que a pressão dos reguladores sobre a banca europeia para vender ativos de dívida considerados tóxicos tem aumentado, de acordo com a Bloomberg.

 

Já em abril, quando avançou com a notícia de que o Novo Banco estaria a vender estes ativos, a Bloomberg revelava que a Cerberus e a Bain Capital estavam entre os potenciais interessados.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI