Banca & Finanças Novo Banco tenta limpar imagem com campanha "low cost"

Novo Banco tenta limpar imagem com campanha "low cost"

Numa altura em que o Novo Banco continua a pedir injeções de capital para reforçar os rácios, a instituição financeira liderada por António Ramalho decidiu lançar uma campanha para "limpar" a imagem do banco. O investimento foi de 450 mil euros.
Novo Banco tenta limpar imagem com campanha "low cost"
André Koster/Lusa
Rita Atalaia 15 de abril de 2019 às 17:30
O Novo Banco vai lançar a sua primeira campanha institucional para tentar "limpar" a imagem do banco. Isto numa altura em que continua a pedir injeções ao Fundo de Resolução para reforçar os rácios de capital e a acelerar a venda de ativos tóxicos. De acordo com o Governo, ainda será necessário injetar perto de 2.100 milhões de euros no banco liderado por António Ramalho até 2021. 

"Somos uma instituição muito falada", começa por dizer António Ramalho, presidente do Novo Banco, na apresentação da nova campanha da instituição financeira. E "nem sempre as razões pelas quais somos falados são as mais óbvias", notando que as "más notícias sempre diluíram o efeito das boas". O processo de recapitalização tem um "efeito reputacionalmente complexo", refere.

Nesse sentido, o gestor explica que o Novo Banco decidiu realizar uma campanha, que conta com o testemunho de clientes, colaboradores e parceiros, no dia em que apresentou prejuízos de 1.412 milhões de euros em 2018. "A recapitalização de acordo com as necessidades é uma ideia feliz", diz o CEO do Novo Banco. Mas era uma "solução que precisava de ser compreendida por todos". 

Também neste dia, o banco decidiu avançar com um novo pedido de injeção de capital ao Fundo de Resolução, no valor de 1.149 milhões de euros. Isto depois de já terem entrado no banco 792 milhões de euros no ano passado. A este valor é ainda preciso somar outros mil milhões nos próximos dois anos. De acordo com o Programa de Estabilidade, o Governo estima injetar 600 milhões de euros em 2020 e mais 400 milhões de euros em 2021. 

Sobre estas previsões do Executivo, António Ramalho preferiu não reagir no encontro com jornalistas sobre a apresentação da campanha institucional que vai passar na televisão, mas também na rádio. Terá ainda um site no qual serão publicados 18 testemunhos. 

Estes são testemunhos de clientes, colaboradores e stakeholders do banco que decidiram, voluntariamente, contar a sua experiência junto da instituição financeira, numa campanha com o slogan: "Muito se tem dito sobre o Novo Banco, mas ainda não se disse tudo". 

A campanha "low cost" conta com estes "atores gratuitos", como explica António Ramalho, num investimento que ronda os 450 mil euros. O presidente do banco relembra que a entidade que lidera tem uma série de "limitações no quadro da recapitalização" e um "controlo de custos muito apertado".



pub

Marketing Automation certified by E-GOI