Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Nuno Amado: "A Polónia é estratégica e não está nos nossos planos vender"

Nuno Amado garante que venda da unidade da Polónia não está nos planos. Não haverá venda de activos estratégicos para melhorar os rácios do BCP. Mas é possível que outros não estratégicos sejam alienados, segundo o líder do banco.

Correio da Manhã
Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 27 de Outubro de 2014 às 17:52
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...

"A Polónia é estratégica e, como estratégica, não está nos nossos planos vender essa operação". A declaração foi feita por Nuno Amado, presidente executivo do banco, na conferência de imprensa de apresentação de resultados.

 

"Não se equaciona quer um aumento de capital quer uma venda forçada de participações estratégicas", disse também. "Podemos fazer mais alguma coisa", acrescentou, sem querer adiantar pormenores. "O banco está sempre disponível para vender ou comprar", disse apenas Nuno Amado. Mas as posições estratégicas, como o polaco Bank Millennium, são estratégicas. E "as estratégicas são estratégicas".

 

Ir buscar recursos a accionistas, com um aumento de capital, não está nos planos do banco: "Não há aumento de capital, não vemos razão. Há a intenção clara no conselho de administração para que tal não ocorra".

 

Mais uma vez, Amado assegurou que o banco tomou já as medidas adicionais que garantem que fique em linha com os rácios mínimos de capital exigidos pelo Banco Central Europeu. 

Ver comentários
Saber mais Nuno Amado BCP activos aumento de capital
Outras Notícias