Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Oferta do Bankinter pelo Banca della Svizzera Italiana supera a do BES

Os analistas do BPI acreditam que espanhol Bankinter, em parceria com o fundo de investimento Apollo Global Management, está mais bem posicionado para adquirir o BSI. Este negócio teria um “impacto negativo” nos seus rácios de capital, considera a casa de investimento.

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 17 de Junho de 2013 às 10:09
  • Partilhar artigo
  • 10
  • ...

O jornal italiano “Il Sole 24 Ore” noticiou este domingo que o Banco Espírito Santo apresentou uma proposta para comprar o Banca della Svizzera Italiana (BSI), um banco suíço especializado na gestão de activos e que integra a terceira maior seguradora de Itália, a Assicurazioni Generali.

 

Na corrida ao BSI estará também o espanhol Bankinter, em parceira com o fundo de investimento Apollo Global Management, e a sua proposta será superior à do banco português, avançam esta segunda-feira alguns meios de comunicação social.

 

Caso se confirme que o valor oferecido pelo Bankinter é superior ao do BES, os analistas do BPI consideram que o banco português não tem grande margem para ganhar este negócio. Ainda assim, caso o BES venha a adquirir a instituição suíça isso terá, segundo os cálculos do banco de investimento, um impacto negativo nos rácios de capital da instituição liderada por Ricardo Salgado.

 

O jornal suíço “L’Agefi” avança que o Bankinter terá oferecido 1,5 mil milhões de euros pelo BSI, um valor que fica muito aquém do valor definido pela Assicurazioni Generali. A seguradora pretende obter mais de 2 mil milhões de euros com este negócio e, caso não o consiga, pondera adiar a venda do BSI ou colocar o banco em bolsa.

 

Os analistas do BES Investimento não fazem comentários sobre as notícias relativas ao banco que integram. Só comentam as informações em relação ao Bankinter. Aqui, estes especialistas consideram que este negócio só faz sentido para o espanhol Bankinter se for realizado em parceria com o fundo de investimento Apollo Global Management. Neste caso, não esta colocada de parte a hipótese do banco espanhol realizar um aumento de capital.

 

A venda do banco suíço faz parte do plano de desinvestimentos da Generali, que pretende encaixar 4 mil milhões de euros com a venda de activos para reforçar os seus rácios de capital.

 

Sedeado em Lugano, no cantão suíço onde o italiano é a principal língua, o BSI é especializado sobretudo na gestão e activos. Tem forte presença fora da Suíça, nomeadamente nos mercados asiáticos, América Latina, Médio Oriente e Europa de Leste. Fechou 2012 com lucros de 47 milhões de euros e activos sob gestão de 70 mil milhões de euros.

 

O BES tem estado a viver uma sessão entre ganhos e perdas depois desta notícia. Abriu o dia a ganhar, depois passou para terreno negativo e segue a somar 0,28% para negociar ns 0,723 euros. O BPI Equity Research atribui um preço-alvo de 0,90 euros ao banco, com uma recomendação de "neutral".

 

Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de “research” emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de “research” na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro.

Ver comentários
Saber mais Bankinter Banca della Svizzera Italiana BES BSI Assicurazioni Generali
Outras Notícias