Banca & Finanças Paulo Macedo: "Se falharmos, dificilmente nos será dada outra oportunidade"

Paulo Macedo: "Se falharmos, dificilmente nos será dada outra oportunidade"

Paulo Macedo quer "construir com os trabalhadores uma Caixa sólida, rentável geradora de confiança para as empresas e as famílias", segundo a mensagem enviada esta manhã. No entanto, o novo líder avisa: "se falharmos, dificilmente nos será dada outra oportunidade equivalente".
Paulo Macedo: "Se falharmos, dificilmente nos será dada outra oportunidade"
Correio da Manhã
Maria João Gago 01 de fevereiro de 2017 às 13:17

A capitalização da Caixa Geral de Depósitos é "uma oportunidade de colaborar no relançamento" da instituição, mas poderá ser a última chance do banco. É esta a mensagem principal que o novo presidente da CGD, Paulo Macedo, transmite aos trabalhadores do banco na mensagem enviada esta quarta-feira de manhã, 1 de Fevereiro, dia em que a nova administração assumiu funções, e a que o Negócios teve acesso.

 

"A capitalização e restruturação da Caixa é uma grande oportunidade que nos é dada – a todos – de colaborar nesse processo de relançamento da instituição, como uma referência no financiamento da economia nacional. Mas é também uma grande responsabilidade, porque o país está a realizar um investimento elevado na Caixa, numa época de recursos mais escassos, e exigirá justamente que o mesmo seja bem aplicado e, se falharmos, dificilmente nos será dada outra oportunidade equivalente", refere a missiva que também é assinada pelo presidente não executivo, Rui Vilar.

 

O novo homem-forte do banco procura mobilizar os trabalhadores para a tarefa de "construir convosco o futuro de uma Caixa sólida, rentável geradora de confiança para as empresas e as famílias".  Mas reconhece que a instituição atravessa "um período desafiante e tem que se ajustar e reposicionar rapidamente para fazer face às novas tendências de evolução do negócio bancário na Europa".

A Caixa necessita de "atingir os objectivos propostos de melhor eficiência, menos risco e maior rentabilidade". Mas também de apostar "na melhoria dos serviços aos nossos clientes e na criação de valor", defende o novo presidente.

 

Paulo Macedo não deixa também de pedir aos trabalhadores que foquem "os seus esforços e a sua dedicação sem limites ou hesitações".

(Notícia actualizada às 13:36)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI