Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PCP: "É ver que Ricciardi continua administrador" para provar que os problemas continuam

O relatório da comissão parlamentar de inquérito à gestão do BES e do GES "sacrifica um banqueiro para salvar a imagem da banca privada", acusa o deputado Miguel Tiago.

Bruno Simão
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

No dia do debate em Plenário do relatório final do inquérito ao Banco Espírito Santo, documento face ao qual votou contra em sede de comissão, o Partido Comunista Português voltou a criticar José Maria Ricciardi.

 

A permanência de José Maria Ricciardi à frente do BESI é "a prova de que, ao contrário do que PS, PSD e CDS prometem – como já fizeram nos casos BPN, BPP, Banif e BCP – que não tornará a acontecer um caso como estes, os problemas continuam. É tão simples como olhar à nossa volta e ver que José Maria Ricciardi continua administrador de um banco", atacou Miguel Tiago esta sexta-feira, 9 de Maio.

 

Ricciardi, antigo administrador do BES, é o presidente do BESI, unidade de investimento do Novo Banco que está em processo de venda para a chinesa Haitong. Na comissão, os comunistas questionaram o Banco de Portugal por ainda atribuir a idoneidade a

O relatório sacrifica um banqueiro para salvar a imagem da banca privada.
 
Miguel Tiago
Deputado do PCP

Ricciardi. O regulador respondeu que, até ao momento, não houve factores que justificassem retirá-la mas adianta que o processo de avaliação de idoneidade é "contínuo" e  que há investigações a decorrer em torno do caso BES.

 

O PCP defende que o relatório final, aprovado em sede de comissão com os votos a favor do PSD, PS e CDS, não é consequente. "É preciso ir mais longe". Para Miguel Tiago, o relatório "faz crer que o colapso resulta de uma crise de carácter, e falha moral dos administradores".

 

"O relatório sacrifica um banqueiro para salvar a imagem da banca privada", disse Miguel Tiago na sua intervenção, acrescentando que "não deixa de branquear responsabilidades directas e indirectas".

Ver comentários
Saber mais Banco Espírito Santo Partido Comunista Português José Maria Ricciardi PS PSD CDS Miguel Tiago Banco de Portugal BES
Outras Notícias