Banca & Finanças Perdas do BES em 2014 ascenderam a 9,19 mil milhões de euros

Perdas do BES em 2014 ascenderam a 9,19 mil milhões de euros

O Banco Espírito Santo registou, em 2014, prejuízos de 9,19 mil milhões de euros, contra 462,5 milhões um ano antes.
Perdas do BES em 2014 ascenderam a 9,19 mil milhões de euros
Carla Pedro 30 de dezembro de 2015 às 21:37

O resultado líquido do exercício de 2014 do BES ascendeu a 9.196,9 milhões de euros negativos, informou o banco em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O total do capital próprio a 31 de Dezembro de 2014 era negativo em 2,6 mil milhões de euros, contra um valor positivo de 5,70 mil milhões no final de 2013.


O banco sublinha que o balanço individual reportado a 4 de Agosto de 2014 [um dia após a aplicação pelo Banco de Portugal ao BES da medida de resolução] apenas pôde ser apresentado a 7 de Agosto de 2015 e que depois, e para a preparação das demonstrações financeiras reportadas a todo o exercício de 2014, "tornou-se ainda necessário acomodar e fazer reflectir as posteriores evoluções, não só decorrentes da actividade do BES mas também das alterações legislativas ocorridas e dos esclarecimentos e deliberações do Banco de Portugal durante o exercício de 2014 e mesmo posteriormente".


"Ainda que as contas referentes ao exercício de 2014 continuem a revestir a sua dimensão informativa sobre a gestão do BES e sobre a sua situação financeira, o quadro jurídico da sua aprovação e fiscalização assume contornos muito específicos numa instituição objecto de resolução", ressalva ainda o comunicado.


A 30 de Julho do ano passado, a quatro dias da decisão sobre a sua resolução, o BES apresentou as suas contas semestrais, tendo anunciado perdas de 3.577,3 milhões de euros – e explicando que estas se deviam a factores extraordinários.

 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI