Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Pires de Lima: Banco de Fomento deverá entrar em funcionamento em Setembro ou Outubro

Embora ainda aguarde a decisão do Banco de Portugal, o Governo prevê o arranque do Banco de Fomento para o mês de Setembro ou Outubro. O regulador tem seis meses para analisar o pedido de licenciamento que lhe foi entregue em Maio.

A carregar o vídeo ...
Wilson Ledo wilsonledo@negocios.pt 02 de Julho de 2014 às 15:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • 20
  • ...

O Banco de Fomento deverá estar "ao serviço da economia já durante o mês de Setembro e Outubro", revelou esta quarta-feira, 2 de Julho, o ministro da Economia, António Pires de Lima.

 

"Espero que arranque, que esteja ao serviço da economia, já durante o mês de Setembro e Outubro. Independentemente desse ‘timing’, nós temos que respeitar o ‘timing' do Banco de Portugal", afirmou no decorrer da Comissão Parlamentar de Economia e Obras Públicas.

 

O pedido de licenciamento – onde contam estatutos, plano de negócios e modelo de governação para a nova instituição de crédito - foi entregue ao Banco de Portugal no passado mês de Maio.

 

Pires de Lima ressalvou que o atraso de cerca de um mês face ao previsto se ficou a dever "às negociações que tiveram de existir com a Comissão [Europeia] e com os nossos credores. Não era possível fazer a entrega deste projecto sem terminarmos o processo de negociação com a própria Comissão".

 

O regulador tem até seis meses para apresentar a sua apreciação, embora o Governo acredite que a decisão possa ser tomada no prazo de três meses, o que possibilitará o arranque do seu funcionamento ainda no decorrer deste segundo semestre.

 

O novo organismo, também conhecido como Instituição Financeira de Desenvolvimento (IFD), terá "um papel importante na dinamização" das pequenas e médias empresas, acredita Pires de Lima.

Ver comentários
Saber mais Banco de Fomento António Pires de Lima Banco de Portugal
Mais lidas
Outras Notícias