Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PS pede audição urgente de Carlos Costa sobre situação da CGD

Os oito deputados do Partido Socialista na Comissão Parlamentar de Orçamento e Finanças solicitaram a "audição urgente" do governador do Banco de Portugal para prestar todos os esclarecimentos sobre a evolução da situação da Caixa Geral de Depósitos, desde o momento da sua recapitalização até ao presente.

Bruno Simão/Negócios
Negócios 21 de Junho de 2016 às 22:25
  • Assine já 1€/1 mês
  • 19
  • ...

Os oito deputados do Partido Socialista na Comissão Parlamentar de Orçamento e Finanças - João Galamba, João Paulo Correia, Eurico Brilhante Dias, Paulo Trigo Pereira, Jamila Madeira, Ivan Goncalves, Ricardo Leão e Fernando Anastácio - pediram à presidente da Comissão de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa, Teresa Leal Coelho, a "audição urgente" do governador do Banco de Portugal.

 

O intuito, sublinham em comunicado, é que Carlos Costa preste "todos os esclarecimentos sobre a evolução da situação da Caixa Geral de Depósitos, desde o momento da sua recapitalização até ao presente".

"Nos últimos dias temos assistido a uma proliferação de notícias veiculadas pela comunicação social relativamente às necessidades de capital da Caixa Geral de Depósitos" e tem-se assistido, designadamente, "a uma especulação sobre o valor das necessidades e qual a sua origem", refere o documento do PS.

 

Por isso, e "considerando que o Banco de Portugal é a instituição a quem compete a salvaguarda da estabilidade do sistema financeiro" (…) "requer-se a presença do Sr. Governador do Banco de Portugal, com carácter de urgência" para prestar os referidos esclarecimentos, salientam os deputados socialistas.

 

Entre vários outros considerandos que levaram a este pedido, os parlamentares destacam o facto de, nos últimos anos, o Banco de Portugal ter "alargado o âmbito da análise tradicional de supervisão, reforçando a sua vertente prospectiva e avaliando regularmente a capacidade das instituições para suportar cenários económicos e financeiros adversos"; bem como o facto de ter havido "uma recapitalização da Caixa Geral de Depósitos, precedida de um levantamento exaustivo das necessidades de capital e volume de imparidades".

 

Os oito deputados do Partido Socialista recordam ainda o programa de avaliação da gestão de créditos problemáticos, "realizado em 2013 e que teve por objectivo a avaliação dos processos e procedimentos das instituições na gestão dos créditos problemáticos".

 

"Temos conhecimento que estas acções transversais implicaram um reforço das imparidades e provisões que foi considerado adequado", acrescentam. E é por essa razão que querem agora ouvir Carlos Costa.


Nota: O comunicado foi corrigido pelo PS, sendo que a preocupação é com a "situação da Caixa" e não com a "situação de liquidez da Caixa"

(notícia actualizada pela última vez às 23:09)

Ver comentários
Saber mais Partido Socialista na Comissão Parlamentar de Orçamento e Finanças governador do Banco de Portugal Caixa Geral de Depósitos
Mais lidas
Outras Notícias