Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

"Estado a gerir bancos é um desastre"

O presidente do BES diz que não tem nada contra a linha de recapitalização do Estado , mas defende que é muito mais interessante para o BES alargar a sua base accionista através da operação ontem anunciada. O banqueiro defende que o Estado a gerir bancos é um desastre .

O aumento de capital através da troca de dívida perpétua por acções anunciado ontem pelo BES visa colocar como “ultíssimo recurso” a utilização da linha pública de apoio à recapitalização dos bancos, defendeu hoje Ricardo Salgado num encontro com jornalistas.

O presidente do BES garante não ter “nada contra a linha de recapitalização do Estado”, mas o seu banco considera “muito mais interessante alargar a sua base accionista”, através da operação em curso. “Acrescenta mais valor do que ter um accionista que é o Estado, mas que não acrescenta valor além do próprio capital”, explicou Ricardo Salgado. Até porque, na sua opinião, “o Estado a gerir bancos é um desastre”, como mostram os fracassos do Dexia e do Crédit Lyonnais, em França.
Ver comentários
Saber mais BES Ricardo Salgado
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio