Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Regulador diz que seguradoras têm facilitado tratamento dos sinistros de Pedrógão Grande

As seguradoras disponibilizaram 2,5 milhões de euros para ajudar as vítimas o incêndio que deflagrou a 17 de Junho em Pedrógão Grande, segundo adianta José Almaça, da ASF.

Bruno Simão/Negócios
Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 11 de Julho de 2017 às 18:02
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O regulador dos seguros, a Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensão (ASF), diz que as companhias seguradoras têm dado indicações para facilitar o tratamento dos sinistros que ocorreram em Pedrógão Grande em Junho.

 

"As companhias têm dado indicações no sentido de facilitar toda a análise da sinistralidade", garantiu José Almaça, na comissão parlamentar de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa esta terça-feira, 11 de Julho.

 

Na audição anual, Almaça garantiu que existem "indicações bastante concretas às seguradoras" para que sejam sensíveis quando o valor do bem segurado não coincide ao valor que está seguro.

 

Além disso, segundo avançou José Almaça, o "sector segurador disponibilizou 2,5 milhões de euros para ajudar as vítimas do incêndio". O montante é depois "rateado pelas companhias em função do volume de prémios".

 

"Naturalmente que temos vindo a acompanhar directamente, tudo o que se passou, embora a competência para actuar são as companhias e será mais a ASP [Associação de Seguradores Portugueses] do que de nós", frisou o líder da ASF, que termina o seu mandato em 2017.

 

Aos deputados, José Almaça disse mesmo ter tido reuniões com Mário Centeno, ministro das Finanças, para discutir a "matéria de Pedrógão".

Ver comentários
Saber mais José Almaça ASF Pedrógão Grande seguros seguradoras
Outras Notícias