Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Regulador espanhol diz que sistema financeiro internacional perde com morte de Botín

A CNMV, numa nota de condolências, refere que o presidente do Santander, falecido esta quarta-feira, deu um "grande contributo" para a promoção cultural e desenvolvimento social" de Espanha.

Bloomberg
Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 10 de Setembro de 2014 às 12:54
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O regulador do mercado de capitais espanhol considera que o sistema financeiro internacional perde com a morte de Emilio Botín, presidente do conselho de administração do Banco Santander, ocorrida esta quarta-feira, 10 de Setembro.

 

"O seu falecimento representa uma importante perda para o sistema financeiro espanhol e internacional, assim como para a sociedade espanhola em geral", comenta a direcção da espanhola Comissão Nacional do Mercado de Valores, equivalente à portuguesa Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, numa nota enviada por e-mail.

 

O organismo liderado por María Elvira Rodríguez acredita que Botín deu um "grande contributo para a promoção cultural e desenvolvimento social, assim como para a modernização e internacionalização do país".

 

Botín faleceu esta quarta-feira, 10 de Setembro, vítima de um ataque cardíaco. O cargo de presidente do conselho de administração do Santander será preenchido esta tarde, em reunião. A filha, Ana Patrícia Botín, é o nome apontado.

 

Tanto António Vieira Monteiro como António Horta Osório expressaram as suas condolências em relação a este desaparecimento.

Ver comentários
Saber mais CNVM Espanha Emilio Botín Santander
Mais lidas
Outras Notícias