Banca & Finanças Relatório BES aprovado com votos do PSD, PS e CDS, contra do PCP e abstenção do BE

Relatório BES aprovado com votos do PSD, PS e CDS, contra do PCP e abstenção do BE

O deputado Miguel Tiago votou contra o relatório final da comissão de inquérito ao BES porque acredita que o caso BES não é uma situação isolada e mostra a "farsa" do sistema financeiro.    
Relatório BES aprovado com votos do PSD, PS e CDS, contra do PCP e abstenção do BE
Bruno Simão/Negócios
Diogo Cavaleiro 29 de abril de 2015 às 14:05

Já há um relatório final da comissão parlamentar de inquérito à gestão do Banco Espírito Santo. Foi aprovado pelos partidos da maioria, PSD e CDS, mas também do PS. Já o PCP decidiu votar contra. O Bloco absteve-se.

 

A votação teve lugar esta quarta-feira, 29 de Abril, dia em que foi apresentado o relatório final, uma versão mais completa do relatório preliminar, feito pelo deputado social-democrata Pedro Saraiva, que contava já com algumas propostas de alteração feitas pelos vários partidos.

 

O PCP tinha feito quase uma centena de propostas de alteração mas nem todas foram aceites. O deputado Miguel Tiago explicou que não se pode continuar a apostar em camadas de supervisão quando o problema está na existência do sistema, controlado por bancos privados. Daí que, sem a aceitação das suas propostas, tenha votado contra.

 

O Bloco de Esquerda, que também tem reservas em relação a vários pontos do relatório final, optou por se abster nesta votação final global do documento.

 

O PSD, o CDS e o PS votaram a favor do documento que aponta responsabilidades para Ricardo Salgado na derrocada do BES mas que critica também o Banco de Portugal, acusando-se de uma actuação "tardia". Também são feitas recomendações relativas a supervisão para evitar uma nova situação idêntica à do BES.

 

Este é o resultado da votação global final do relatório da comissão de inquérito, embora os deputados também tenham votado o documento por fases. O relato dos factos foi aceite por todos os partidos. A parte das conclusões mereceu o voto favorável do PSD, CDS e PS, voto contra do PCP e abstenção do Bloco (embora Mariana Mortágua tenha votado contra duas conclusões específicas). Já no que diz respeito às recomendações, à excepção do voto negativo dos comunistas, os restantes partidos deram o sim à sua aprovação.

 

Veja aqui o relatório final da comissão parlamentar de inquérito à gestão do BES e do GES.

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI