Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ulrich: "Não esqueço a colaboração de Elisa Ferreira" no problema do BPI

O presidente do BPI considera que Elisa Ferreira "é uma excelente escolha" para o Banco de Portugal. Fernando Ulrich não esquece a sua "colaboração" no problema angolano do banco e revela: "Pude verificar a credibilidade e o respeito que granjeia entre os responsáveis europeus".

Miguel Baltazar
Maria João Gago mjgago@negocios.pt 14 de Abril de 2016 às 20:11
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

"Não esqueço a colaboração de Elisa Ferreira" a propósito do problema do BPI em Angola, resultante das imposições do Banco Central Europeu. "Pude verificar a credibilidade e o respeito que granjeia entre os responsáveis europeus. Tenho provas concretas disso", revelou Fernando Ulrich, quando questionado esta quinta-feira sobre a escolha de eurodeputada socialista para a administração do Banco de Portugal.

 

"É uma excelente escolha", sublinhou, destacando a "clarividência" de Elisa Ferreira e o "grande respeito" que tem pela futura administradora do banco central.

 

Sobre Luís Máximo dos Santos, o presidente do BES "mau" que também foi apontado para administrador do Banco de Portugal, o banqueiro alertou ser "um conhecimento mais recente", mas alguém de quem tem "uma excelente impressão". "São duas pessoas por quem tenho um enorme respeito", frisou o presidente do BPI.

 

Quanto ao ponto da situação do processo de autorização do acordo celebrado no último domingo entre os dois maiores accionistas do BPI, Isabel dos Santos e CaixaBank, e que permite ao banco reduzir a sua exposição a Angola, como exige o supervisor europeu, Ulrich recusou fazer qualquer comentário.


(Notícia actualizada às 20:18)

Ver comentários
Saber mais Elisa Ferreira BPI Angola Banco Central Europeu Fernando Ulrich Banco de Portugal
Mais lidas
Outras Notícias