Banca & Finanças Ulrich: "Não vejo porque é que o governador do Banco de Portugal tem de mudar"

Ulrich: "Não vejo porque é que o governador do Banco de Portugal tem de mudar"

O presidente do BPI admite que Carlos Costa possa ficar à frente do Banco de Portugal mais um mandato. "O actual governador pode ser reconduzido. Não vejo porque tem de haver uma mudança de perfil", afirma.
A carregar o vídeo ...
Maria João Gago 30 de abril de 2015 às 14:15

"Não vejo porque é que o governador do Banco de Portugal tem de mudar", afirmou Fernando Ulrich na conferência de imprensa de apresentação dos resultados do primeiro trimestre do ano.

 

"Fazendo uma análise objectiva dos dossiês importantes para o sistema bancário e para o país que estão em cima da mesa, pode ser perfeitamente argumentável que a melhor solução [para liderar o Banco de Portugal] é quem está a tratar desses dossiês." Isto porque "tem um conhecimento maior das matérias do que quem venha de fora. É uma opção muito válida a renovação do mandato do governador do Banco de Portugal", defende.


Questionado sobre qual o melhor perfil para liderar o Banco de Portugal, tendo em consideração o que se passou nos últimos anos e o que vai marcar o sector financeiro nos próximos tempos, Fernando Ulrich respondeu: "Não vejo porque é que o perfil tem de ser alterado. O actual governador pode ser reconduzido. Não vejo porque tem de haver uma mudança de perfil. Até porque estamos numa situação em que há dossiês muito importantes que não estão concluídos, como a venda do Novo Banco ou a união bancária europeia", acrescentou.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI