Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Venda temporária de activos reduziu exposição ao BCE

Nos últimos três meses, bancos portugueses cortaram em 13,2 mil milhões de euros o valor dos recursos pedidos ao Banco Central Europeu.

Maria João Gago mjgago@negocios.pt 02 de Dezembro de 2010 às 00:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Vários bancos portugueses estão a substituir o recurso ao Banco Central Europeu (BCE) pela venda de activos com acordos de recompra ("repos") a investidores internacionais, que aceitam o negócio para receberem a remuneração assegurada pelas instituições financeiras.

Esta tem sido uma das estratégias que a banca tem seguido para reduzir a dependência do seu financiamento do BCE, tendência que se tem sentido desde Agosto, mês em que o recurso à autoridade monetária europeia atingiu o valor mais elevado de sempre (quase 50 mil milhões).

Desde essa altura, os fundos obtidos pelos bancos portugueses junto do BCE diminuíram quase 27% ou 13,2 mil milhões de euros, para 35,9 mil milhões, a 16 de Novembro, de acordo com dados do Banco de Portugal (BdP).









logo_empresas

Ver comentários
Saber mais BCE BdP
Mais lidas
Outras Notícias