Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vintage “serve” aumento de 3,4% nas exportações de Porto

Em 2013, a quota dos vinhos “premium” nas exportações superou, em valor, os 40%, representando o melhor ano de sempre nas categorias especiais, vendidas a um preço mais elevado.

António Larguesa alarguesa@negocios.pt 13 de Janeiro de 2014 às 17:49
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

As exportações de vinho do Porto aumentaram 3,4% no ano passado, totalizando 315 milhões de euros, compensando com uma subida do preço médio a quebra de 3,6% no número de caixas de nove litros (7,5 milhões) vendidas no estrangeiro. O Instituto dos Vinhos do Douro e Porto não divulgou ainda os resultados no mercado interno.

 

Para este comportamento fora de portas contribuiu a subida na comercialização dos vinhos do Porto mais caros, conhecidos no sector como categorias especiais, que obtiveram o melhor registo de sempre no exterior. A quota de Porto “Premium” chegou aos 21% em quantidade e 40% em valor, segundo a informação divulgada esta segunda-feira pelo instituto público que regula a mais antiga região demarcada do mundo.

 

Metade desses vinhos que ultrapassaram as fronteiras foram Vintage, sendo em grande parte explicado pelo facto de, em Junho do ano passado, ter sido feita a declaração de Ano Vintage relativa aos vinhos produzidos com a colheita de 2011. As quase 40 empresas que obtiveram essa distinção colocaram quase de imediato esses produtos no mercado, tendo algumas delas ficado perto de esgotar o stock.

 

O Reino Unido, com uma quota de 40%, é o principal mercado de destino das categorias especiais de vinho do Porto, seguido de Estados Unidos, França, Canadá e Holanda. Até agora, o melhor ano para os Porto “premium” tinha sido 2007, tendo atingido na altura quotas de mercado de 20,7% em quantidade e 37,7% em valor.

 

Apesar de o Vintage ter sido o grande protagonista do ano, com mais 510 mil garrafas vendidas do que em 2012, continuam a ser os Reserva a liderar as categorias especiais (700 mil caixas) na exportação. Como já é tradição no sector, também em 2013 a declaração Vintage acabou por ter um efeito de arrastamento em todas as restantes categorias, com o vinho com indicação da idade a crescer 2,3% e os Colheitas a aumentarem as vendas em 2,2%.

Ver comentários
Saber mais Vinho do Porto exportações vintage categorias especiais Reino Unido agricultura
Outras Notícias