Comércio A "maior e mais bela": conheça a nova Primark do NorteShopping

A "maior e mais bela": conheça a nova Primark do NorteShopping

Mais 50% de espaço e 20% de artigos, meia centena de provadores – sem limite de peças –, caixas de pagamento e novos funcionários. O Negócios mostra-lhe a mega loja de Matosinhos, a primeira do país a ter um salão de beleza.

A Primark vai inaugurar esta quarta-feira, 23 de outubro, aquela que passará a ser a ser "a maior e a mais moderna" loja da marca de moda em Portugal, que cresce quase 50% em termos de espaço – para 5.138 metros quadrados –, mas com um reforço na oferta limitado a 20% para "melhorar a experiência do consumidor".

 

Apresentado esta manhã por Stephen Mullen, diretor para a Irlanda e pela Europa do Sul, e por Nelson Ribeiro, responsável pelas operações em Portugal, o espaço tem como principal novidade o "Beauty Studio". Este serviço "express" de beleza, com 11 postos disponíveis, inclui manicure e tratamento de sobrancelhas ou pestanas, entre outros, sendo prestado pela lisboeta Dez Studios, que assim se estreia a Norte.

 

Além deste novo serviço disponibilizado em cerca de 50 metros quadrados "a preços Primark", como reforçou Mullen, a marca está à procura de outro parceiro local para abrir uma cafetaria dentro desta loja do NorteShopping, onde trabalham 350 pessoas (mais 50 do que na anterior), um conceito que já está a experimentar noutros países, como em Espanha.

 

Com "mais luz e corredores mais largos", o gestor das dez unidades em Portugal – a marca queixa-se de falta de espaço para abrir mais lojas – destaca ainda o aumento das caixas de pagamento (que funcionam também para as trocas de artigos) de 27 para 54, que é também o número de provadores disponíveis. E deixa de haver um limite de peças para experimentar de cada vez. "Era constrangedor e uma das reclamações que os clientes mais faziam", resumiu Nelson Ribeiro.

 

Bastidores só têm vidros nos recursos humanos

Afastada do olhar curioso dos clientes fica a área reservada a trabalhadores, com um total de 600 metros quadrados, onde abundam nas paredes as mensagens corporativas de motivação e os alertas para comportamentos em funções. Em tons azuis, os bastidores incluem casas de banho, gabinete médico, sala de formação, sala para refeições, o gabinete de Recursos Humanos (o único que é fechado, por lei) e os postos de trabalho da equipa de gestão da loja.

 

De portas abertas das 10h à meia-noite durante todos os dias da semana, a loja situada na Senhora da Hora, concelho de Matosinhos, tem logo à entrada duas novas "áreas de tendências" (mulher e homem) e foi mobilada com sofás em duas pequenas zonas de descanso, que incluem wi-fi gratuito e pontos de carregamento para telemóveis.

 

Outro aspeto que salta à vista em várias colunas é a multiplicação de informação sobre "ética", publicitando a importância das condições de trabalho nas fábricas subcontratadas – algumas delas portuguesas, fornecedoras de t-shirts de algodão, pijamas, toalhas e roupa interior –, sobre os produtos não serem testados em animais ("cruelty free") ou o uso de sacos de papel reciclado. "Sempre fomos, mas agora estamos a comunicar que somos responsáveis", frisou Stephen Mullen.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI