Comércio Aki reforça rede de lojas e está a contratar

Aki reforça rede de lojas e está a contratar

O grupo ligado à bricolage quer ter 64 lojas em Portugal até 2020. Pelo segundo ano consecutivo, optou por entregar parte dos lucros aos seus funcionários.
Aki reforça rede de lojas e está a contratar
Correio da Manhã
Negócios 16 de maio de 2016 às 13:18

O Aki prevê duplicar o seu número de lojas até 2020. O salto será assim dos actuais 32 para 64 espaços comerciais em Portugal em quatro anos.

A aposta representa um investimento de 100 milhões de euros e irá centrar-se em zonas de influência com cerca de 20 mil habitantes, informou a empresa de bricolage em comunicado.


Por isso mesmo, o Aki espera criar mais 670 postos de trabalho, atingindo os dois mil funcionários. Actualmente, são 1.300.


Só em 2016 deverão abrir quatro lojas e serem contratadas 150 pessoas. Até Abril, já foram recrutados 50 novos colaboradores.


"Colaboradores-accionistas"
Pelo segundo ano consecutivo, o Aki optou por distribuir pelos funcionários 16% dos seus lucros. Sem especificar o valor, a empresa diz que é o equivalente a 1,1 ordenados por pessoa.


Este prémio pode também ser convertido em acções da ADEO, a dona do Aki. No ano anterior, 94% da equipa optou por se tornar accionista da empresa.


"Ao existir a possibilidade dos colaboradores do AKI se tornarem accionistas, estamos a reforçar o seu compromisso enquanto donos da empresa onde trabalham. Um dos nossos objectivos é que todos os clientes sejam aconselhados e acompanhados por colaboradores accionistas, não apenas por colaboradores, com todas as implicações positivas que tal significa", explica Andrés Osto, director-geral do Aki.


Em 2015, o Aki gerou um volume de negócios de 190 milhões, crescendo 8%.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI