Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lego aproveita força de Star Wars para chegar aos 1,2 mil milhões de euros de lucro

A Lego chegou aos mil milhões de libras (1,2 mil milhões de euros) de lucro durante o ano de 2015 com a ajuda das figuras da saga Star Wars e do filme de animação Frozen.

Bruno Simão
André Vinagre andrevinagre@negocios.pt 01 de Março de 2016 às 17:02
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A empresa de brinquedos dinamarquesa alcançou os 1,2 mil milhões de euros de lucros em 2015, um aumento de 31% face ao ano anterior, anunciou a Lego esta terça-feira, 1 de Março. No que toca às receitas, a Lego conseguiu um aumento de 25%, para 4,8 mil milhões de euros.

 

Este já é o décimo ano consecutivo em que a Lego aumenta as vendas, reforçando assim a posição de maior fabricante de brinquedos do mundo, superando a Hasbro e a Mattel.

 

Este ano os resultados foram ajudados pelo aumento das vendas de artigos relacionados com a saga Star Wars e com o filme de animação Frozen. A Lego diz mesmo que o artigo mais vendido durante 2015 foi o castelo da personagem principal de Frozen, Elsa, logo seguido do modelo da nave de Star Wars, a Millennium Falcon.

 

A Lego revelou que vendeu cerca de 72 mil milhões de blocos e produziu 725 milhões de mini-figuras durante o ano.

 

"Alcançámos um crescimento significativo nas vendas todos os anos da última década e é muito satisfatório que consigamos apresentar outro ano de fortes vendas", referiu John Goodwin, vice-presidente da Lego, citado pelo The Guardian.

 

A Lego diz mesmo que 100 milhões de crianças interagiram com brinquedos da marca, quer através dos blocos, quer através de eventos de caridade ou usando os produtos nas escolas.

Ver comentários
Saber mais Lego Hasbro Mattel brinquedos Star Wars Frozen
Outras Notícias