Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Mercado de produtos de luxo a caminho do pior ano desde a crise internacional

O mercado global de produtos de luxo deverá crescer apenas 1% para um total de 253 mil milhões de euros em 2015. O que se deve à conjugação de factores como a valorização do dólar e o abrandamento da economia global.

Bloomberg
Negócios 29 de Outubro de 2015 às 13:52
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...
Em 2015, a venda de bens de luxo deverá crescer apenas 1% para 253 mil milhões de euros, o que a verificar-se representará o pior ano para o sector dos produtos de luxo desde 2009.

Este crescimento compara com a estimativa de um avanço compreendido entre 2% e 4% antecipado pela Bain & Co em Maio. A confirmar-se o crescimento de apenas 1%, estaremos perante a pior variação nas vendas de bens de luxo, tais como roupa de estilista ou automóveis de alta cilindrada, desde a quebra de 11% registada em 2009.

A contribuir para esta previsão está a combinação de vários factores, entre os quais a valorização do dólar, o abrandamento da economia global, designadamente a chinesa, ou ainda a maior turbulência verificada nos mercados bolsistas ao longo de 2015.

A consultora Bain nota a quebra na venda de produtos de luxo acontece no segundo ano consecutivo em que a economia chinesa abranda e numa altura em que também a economia norte-americana dá sinais de abrandamento do crescimento.

Para Claudia D'Arpizio, parceira da Bain, citada pela Bloomberg, no melhor cenário a venda de produtos deste segmento irá avançar 2% em 2015, isto assumindo que se verifique um volume robusto de vendas durante o período natalício.

Contudo, nem todos os factores contribuem negativamente para este sector. A Bain nota que, por exemplo a desvalorização do euro, sentida ao longo do presente ano, está a contribuir de forma positiva para a venda de bens mais sumptuosos.

Entre os vários tipos de produtos luxuosos, a Bain antecipa que a venda de jóias seja o segmento que mais crescerá em 2015 (+6%), até porque a compra de bens como colares de diamantes é vista como um investimento seguro.

Para a Bain, o total de vendas de bens de luxo em 2015 deverá ultrapassar 1 bilião de euros. Além da venda de jóias, carros de luxo hotéis e arte serão os segmentos de produtos de luxo que maior parcela representarão no volume total de vendas.
Ver comentários
Saber mais Bain & Co produtos de luxo comércio
Outras Notícias