Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Os novos dias de uma avenida que já foi centro comercial a céu aberto

Já foi uma das ruas mais movimentadas da capital, com uma loja porta-sim, porta-sim e onde muitas das grandes marcas internacionais quiseram marcar presença. Zara, C&A, Massimo Dutti, Stefanel ou Corte Fiel, lado a lado com bancos, seguradoras e restaurantes fizeram da Avenida Guerra Junqueiro um destino habitual de compras dos lisboetas, mas a zona está em decadência.

A carregar o vídeo ...
Filomena Lança filomenalanca@negocios.pt 25 de Março de 2013 às 18:56
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...

A crise e as rendas elevadas estão a trocar as voltas aos comerciantes da Guerra Junqueiro, em Lisboa, que, impotentes, vão fechando portas.

 

No espaço de poucos meses, encerraram pelo menos oito lojas e, segundo dados da União das Associações de Comércio e Serviços, muitas outras estão em vias de ter também de fechar portas. As estimativas são pouco animadoras: Carla Salsinha, presidente da entidade, diz que até ao final de Maio grande parte do comércio da Guerra Junqueiro terá desaparecido.

Ver comentários
Outras Notícias